3 dias em Nice, França

Language Specific Image

3 dias em Nice – As melhores coisas para fazer

Dia 1 – Orientar-se

Ao contrário de outras cidades francesas, Nice não está propriamente cheia de viajantes económicos. É mais frequentemente frequentada pela elite francesa, ou “gente bonita”. Para se orientar e se habituar a ver carros e pessoas reluzentes, dê um passeio pela zona onde está alojado e comece a explorar esta cidade cosmopolita.

Depois de ter passeado um pouco, não há mais nada a fazer senão ir diretamente para a praia! Nice não tem propriamente praias de areia dourada, mas sim praias de pedras arredondadas. Isto pode ser bastante desconfortável quando se deita pela primeira vez, mas, como tudo o resto, acaba por se habituar. A praia oferece vistas fantásticas sobre a Baie des Anges e os aviões sobrevoam constantemente a baía, entrando e saindo da cidade. Isto proporciona-lhe mais do que o suficiente para olhar enquanto está deitado de costas.

A partir da praia, não terá de ir muito longe para desfrutar de algumas cervejas sociáveis com a Promenade des Anglais com vista para a praia. Ao longo desta promenade, que foi construída por um grupo de turistas ingleses, há uma série de bares, cafés e restaurantes. Particularmente nos meses de verão, quando se pode sentar ao ar livre, é perfeito para observar as pessoas, bem como para desfrutar de uma noite agradável e relaxante.

Dia 2 – Mónaco

Embora não faça parte de França e seja um principado independente por direito próprio, o Mónaco fica apenas a 30-40 minutos de Nice, de comboio. Embora seja o lar dos ricos (tal como muitos locais da Riviera Francesa), o comboio custa apenas cerca de 7 euros.

Passear pelo Mónaco e por Monte Carlo manterá qualquer pessoa ocupada durante várias horas. Andando pelas ruas, é fascinante ver a grelha de partida para o Grande Prémio anual, juntamente com a variedade de iates que mostram quanta riqueza existe neste minúsculo estado.

Se quiser ver exatamente como vive a família real local, os Grimaldis, então tem de visitar o Palácio do Príncipe. Situado no cimo de uma colina, o acesso ao palácio pode ser difícil, mas a vista do topo faz com que valha a pena. Naturalmente, passear à volta do palácio compensa também grande parte da caminhada.

Um dos ícones mais famosos de Hollywood, Grace Kelly (que mais tarde viveu sob o título de Princesa Grace do Mónaco), que morreu num acidente de carro em 1982, está enterrada no Mónaco. Morta com o seu marido, o Príncipe Rainier III, em 1982, a sua sepultura encontra-se hoje na Catedral do Mónaco. A catedral em si não é a mais espetacular do mundo, mas vale a pena visitá-la, nem que seja para ver a campa de Grace.

Outros pontos de interesse no Mónaco incluem o Le Casino, a Casa da Ópera e o Jardin Exotique.

Dia 3 – Vieux Nice

Começar o dia seguinte das suas férias na Promenade des Anglais é perfeito para desanuviar a cabeça se tiver bebido demasiadas cervejas na noite anterior. Caso contrário, o agradável passeio é a forma perfeita de começar qualquer dia em Nice. Pode até apetecer-lhe passar novamente algumas horas na praia!). Mas continue a viajar para leste no passeio (com o mar à sua direita) e acabará por chegar ao Quai des États-Unis. Ao chegar a esta rua, começará a notar uma diferença na arquitetura. Está agora a entrar no Vieux Nice.

Mais conhecida pelos turistas de língua inglesa como Old Nice, esta zona é um labirinto de ruas sinuosas, cafés, restaurantes e bancas de gelados – muitas e muitas bancas de gelados. Se é apreciador do doce de leite, não terá problemas em encontrá-lo na cidade velha.

Poderá passar meio dia neste bairro da cidade. As suas ruas antigas são fascinantes, tal como a arquitetura dos edifícios. Uma marca registada dos edifícios de Vieux Nice é o facto de se assemelharem mais a uma antiga cidade italiana do que a França.

Convenientemente, Vieux Nice é também uma das partes mais animadas de Nice. A maioria dos restaurantes fica aberta até à meia-noite, os bares servem até à 1h30-2h e, para os verdadeiros noctívagos, as discotecas ficam abertas até depois das 5h! O bar mais conhecido da zona é o Wayne’s, que está cheio quase todas as noites, o que se deve às muitas bandas que aí actuam todas as noites. E depois de fecharem a loja, o mais movimentado e mais popular é o Blue Whales.

Espero que este itinerário tenha todos os pontos de interesse para a vossa viagem.

Deixe um comentário

Get the App. QRGet the App.
Get the App. QR  Get the App.
Scroll to Top