A lista de malas sustentáveis de que todos os viajantes precisam!

Sustainable packing list backpacking

Neste momento, estamos conscientes do impacto ambiental que as viagens têm. Quando se está na estrada sem o conforto de casa, em países onde não é fácil ser amigo do ambiente, o plástico de utilização única é muitas vezes a norma. Atracções turísticas cheias de embalagens deitadas fora, praias cobertas de lixo, para não falar da quantidade de resíduos gerados pela comida de avião comida a meio..

Embora tenhamos de respeitar as diferentes culturas, os locais que exploramos nem sempre partilham as mesmas preocupações climáticas. Mas isso não significa que não possamos fazer a nossa parte para fazer escolhas mais sustentáveis. Afinal de contas, precisamos de preservar e cuidar do planeta para podermos continuar a aventurar-nos nele!

O segredo para ser um explorador amigo do ambiente? A preparação. Não é difícil e, de facto, provavelmente poupará algum dinheiro a longo prazo. Elaborámos uma lista de embalagem sustentável para o ajudar a produzir o mínimo de resíduos possível. Mochilas prontas.

Fazer uma lista de verificação da embalagem

sustainable packing list

📷 @luizabcaminada

A dica um pode parecer simples, mas tem que ser mencionada. Não há nada pior do que chegar ao teu hostel e perceber que te esqueceste de algo importante. Estamos a olhar para ti, escova de dentes. Não, mas honestamente, porquê criar mais desperdício antes mesmo de a viagem começar? Certificar-se de que tem tudo o que precisa impede-o de comprar coisas que já tem.

Dica de embalagem sustentável:

Sshh!... This is a secret

Discover the "next hot backpacker destination" this 2024.

Just so you know, we will be able to see if you open our emails to help us monitor the success of our marketing campaigns. You will find further details in our data protection notice.

verifique as condições climatéricas do local para onde vai. Previsão de chuva? Ponha o guarda-chuva ou a capa de chuva na mala. Leve apenas o que precisa, mas leve tudo o que precisa!

Leve roupa que já tem

Um dos primeiros passos para quem quer viajar de forma mais sustentável é ser um consumidor consciente. O capitalismo diz-nos para comprarmos coisas novas quando não precisamos delas, mas eu desafio-o a viajar apenas com coisas que já tem. Seja criativo com as roupas que está farto de usar e aceite a ideia de se tornar um repetidor de roupa. Quando estiveres a visitar sítios onde nunca estiveste, ninguém te viu a usá-lo antes.

Dê valor ao que já tem, evite consumir desnecessariamente e poupe os seus tostões. É uma situação em que todos ganham.

Dica de embalagem sustentável: enquanto olha para o seu guarda-roupa, verifique as etiquetas das roupas que está a planear levar. É provável que vá usar lavandarias locais, por isso não leve roupa que encolha, tinja ou rasgue facilmente. Desta forma, evitará ter de as substituir.

…Mas e se eu precisar de levar algo que ainda não tenho?

Pedir emprestado roupa e equipamento que não tem

Uma óptima forma de poupar dinheiro e de evitar desperdícios desnecessários é pedir emprestado coisas que não tem. Esta dica é especialmente útil para quem viaja para climas mais frios e precisa de roupa quente ou de equipamento para caminhadas. Em vez de gastar dinheiro em casacos e acessórios que talvez nunca mais volte a usar, peça emprestado a um amigo ou familiar. Também vale a pena pedir emprestado se precisar de uma mochila, tapete de ioga, botas, máquina fotográfica – a lista é interminável. Se não conhecer ninguém que tenha o que precisa, comprar em segunda mão é sempre uma opção mais sustentável.

Montar o seu kit de desperdício zero

sustainable packing list

📷 @luizabcaminada

Ok, essa é a dica mais importante da minha lista de malas sustentáveis. Leva um kit lixo zero contigo em todas as viagens e não o deixes sair da tua mala! Ele deve incluir:

  • Garrafa de água reutilizável
  • Pastilhas neutralizadoras de água
  • Chávena de café reutilizável
  • Talheres
  • Palhinhas
  • Tupperware dobrável
  • Toalha de microfibras
  • Toalha de rosto / discos de algodão reutilizáveis

E tudo o mais que substitua os descartáveis. Sabe quantos resíduos deixará de produzir?

Utilize as dicas número 2 e 3: use o que já tem ou peça emprestado a alguém. Não precisa de comprar o kit de talheres de vidro retrátil ou de bambu que está na moda só porque é giro. Leve talheres de casa, aquela caneca que recebeu no seu aniversário, etc.

Infelizmente, produzir lixo é por vezes inevitável, mas estar preparado é uma forma de evitar desperdícios. Pode usar os seus próprios talheres em vez de pegar em plástico quando come comida de rua, e muitas cidades têm bebedouros gratuitos nas ruas para encorajar o reabastecimento. A maioria das pousadas oferece água gratuita aos hóspedes, por isso encha sempre a sua garrafa antes de sair. Ter estas coisas à mão torna a viagem mais fácil e mais sustentável

Leve sempre consigo um saco ecológico

sustainable packing list

📷 @luizabcaminada

Mesmo no dia a dia, ter um saco de compras ecológico é essencial para ser mais sustentável. Em vez de usar sacos de plástico quando passeia pelos mercados locais ou vai à farmácia, faça uso daquele saco que recebeu daquele museu naquela altura e nunca tocou. Também são úteis de outras formas – para transportar artigos de higiene pessoal para a casa de banho do hostel, para usar como sacos de roupa suja ou para transportar lanches.

Depois de começar a usar sacos de pano, nunca mais voltei ao plástico. Os da foto foram feitos com restos que iriam para o lixo, o que é uma boa ideia se tiveres uma veia artesanal!

Invista em produtos de higiene pessoal amigos do ambiente

sustainable packing list

📷 @luizabcaminada

Se ainda não usa estes produtos, invista em champôs, amaciadores, pastas de dentes e desodorizantes sólidos amigos do ambiente. A grande vantagem não é só o facto de não estarem embalados em plástico (embora isso seja um grande bónus), mas também o facto de serem sólidos e poderem ser trazidos livremente na mala de mão.

São orgânicos, naturais e óptimos tanto para a sua saúde como para a saúde do planeta. E, para além de tudo isto, normalmente estes produtos são vários em um – um sabonete sozinho pode servir de champô, amaciador, gel de banho e lavar a roupa! Ótimo, não é?

Aqui está uma lista rápida:

  • Champô, amaciador e sabonete ecológicos
  • Desodorizantes sólidos
  • Aloé vera e bálsamo de tigre são feitos de materiais orgânicos e multiusos
  • Protectores solares seguros para os recifes
  • Repelente natural de mosquitos – como o eucalipto-limão
  • Um tubo de Savlon em vez de pensos rápidos
  • Para as senhoras – considere um copo de lua em vez de produtos sanitários descartáveis
  • Bálsamo labial orgânico

Descasque mais, embale menos

Esta dica é para toda a vida, não apenas para as viagens. Certifique-se de que as suas refeições produzem o mínimo de resíduos possível. Como? Descasque mais, embale menos 😉. O que quero dizer com isto é que evite comprar fruta e legumes que estejam embrulhados em camadas de plástico desnecessário – eles já têm a sua própria pele. Além disso, descascar a fruta é melhor para manter afastada a diarreia do viajante..

Sei que, por vezes, as viagens se tornam agitadas e não há tempo para cozinhar ou para nos preocuparmos com os nossos resíduos, mas uma forma simples de evitar a produção excessiva de lixo é comprar tudo numa mercearia ou mercado local, em vez de num supermercado, e preparar as suas próprias refeições na cozinha do hostel de vez em quando. É uma solução ecológica e económica. Faça sanduíches, leve fruta com casca, ponha tudo num saco e seja um viajante consciente!

Mas quando não se pode evitar o consumo de produtos pré-embalados..

Reciclar, reciclar, reciclar

Todas as dicas acima referidas devem ajudá-lo a ser mais consciente dos resíduos que produz durante a sua viagem. Acredite, a forma mais eficaz de impedir que o seu lixo afecte o ambiente é deixar de o produzir.

No entanto..

Sei por experiência própria que nem sempre podemos produzir zero resíduos, especialmente se estivermos a explorar o dia todo e os fundos forem limitados. Por vezes, a única opção é contar com os serviços de reciclagem do local para onde se viaja.

Muitos locais têm contentores de reciclagem separados espalhados pela cidade, mas se não encontrares nenhum, guarda o teu lixo contigo até regressares ao hostel. Mas que fique claro que a reciclagem não deve ser uma desculpa para produzires lixo onde quer que vás. Deve ser o último recurso.

Acho que concordas comigo quando digo que viajar é a melhor coisa que existe! É tão bom visitar um sítio totalmente novo, com uma cultura diferente e um clima diferente daquele a que estamos habituados… já para não falar das paisagens incríveis que existem neste grande mundo. Por isso, de espírito livre para espírito livre, convido-vos a considerar estas dicas e a tentar viajar de forma mais sustentável. Nós temos o poder de fazer deste mundo um lugar melhor e temos a obrigação de cuidar dele, por isso façam tudo o que estiver ao vosso alcance. Boa viagem!

Descarregue a aplicação Hostelworld para começar a conhecer pessoas a partir do momento em que faz a reserva

Sobre o autor:

Luiza é Oceanógrafa e Consultora Sustentável na Ecofriends Consultoria. Ela e mais duas amigas partilham com as pessoas todo o tipo de dicas sobre como fazer as coisas de que mais gostamos de forma sustentável – como viajar! Podem ver os seus posts sobre sustentabilidade no seu Instagram profissional, ou as suas selfies no seu Instagram pessoal.

Também podes gostar… 🤩
💚 Do recife ao resgate: os 10 principais destinos para o voluntariado de conservação marinha
💚 Histórias de sustentabilidade: voluntariado no Rio Hostel Buritaca
💚 A melhor lista de verificação de viagens éticas

Get the App. QRGet the App.
Get the App. QR  Get the App.
Rolar para o topo